Pular para o conteúdo principal

Foliculite da barba. Incômodo masculino


INFECÇÃO

Foliculite da barba. Incômodo masculino

Denomina-se foliculite, a infecção do folículo piloso (raiz do pelo), causada por uma bactéria, na maioria das vezes o staphilococcus aureus.
Nos homens, geralmente esta doença ocorre na região da barba e está relacionada a vários fatores, como tipo de pele, espessura do pelo, frequencia e modo de barbear-se e materiais utilizados.
É uma queixa relativamente frequente e causa grande incômodo ao sexo masculino e se apresenta como pequenas pústulas na raiz do pelo da barba, que se não tratadas podem evoluir para lesões maiores, como abcessos.
Foliculite da barba
As lesões podem causar prurido (coceira), ardência, dor e, quando crônicas, levam à formação de cicatrizes.
O problema atinge com maior frequência os homens de pele negra e aqueles que se barbeiam diariamente, por necessidade profissional ou por hábito de higiene.
A forma de raspagem do pelo também interfere no desenvolvimento do quadro,  visto que quase todos os homens raspam os pelos da barba passando a lâmina várias vezes na mesma área e em vários sentidos, o que causa pequenos traumatismos na pele, facilitando assim a penetração das bactérias.
Outro fato observado é que quando os pelos voltam a crescer, muitos deles "encravam", principalmente na região abaixo do queixo e pescoço. Estes pelos "encravados" também facilitam a infecção.
Para o tratamento das formas iniciais é necessário a orientação sobre a forma correta de barbear-se:
• Higienizar a pele a ser depilada com sabonetes degermantes, se possível utilizando água morna.
• Usar preferencialmente lâminas descartáveis e não reutilizá-las mais de três vezes.
• Raspar a pele suavemente, sempre procurando seguir o sentido de crescimento do pelo.
• Diminuir a frequência do ato de barbear-se.
• Evitar o uso de barbeadores elétricos, pois causam maior trauma à pele.
• Não utilizar após a raspagem dos pelos, loções pós barba ou qualquer outro produto  que contenha álcool.
Medicamentos tópicos podem ser utilizados, como antinflamatórios e antibióticos em forma de creme ou gel, com prescrição médica.
Nos casos mais graves ou cronificados, a alternativa é a depilação definitiva da área, com aplicação de Laser específico, sempre por um Dermatologista.
O sucesso do tratamento depende da exata avaliação da pele a ser tratada, para determinação dos parâmetros corretos a serem utilizados, evitando-se, assim, resultados desfavoráveis.

Fonte : Unimed Recife
Publicada em 23/04/2013, por Lílian Coêlho.

Postagens mais visitadas deste blog

TRATAMENTO DA GENGIVA

As doenças periodontais são doenças inflamatórias crônicas, de origem infecciosa, que atacam a gengiva. As duas principais são a gengivite e a periodontite. A gengivite é caracterizada pelo sangramento da gengiva.

Já a periodontite é uma progressão da gengivite, na qual pode haver perdas óssea e do tecido que fica em torno do dente.

O que é gengivite?

Suas principais características são: gengiva com coloração avermelhada, inchada, sensível e presença de sangramento, decorrente da irritação causada pela placa bacteriana.

O que é periodontite?

É uma progressão da gengivite, podendo levar à perda das estruturas de sustentação do dente (gengiva, ligamento periodontal e osso), causada pelo tártaro (placa bacteriana calcificada). A progressão da doença periodontal e a falta de tratamento adequado podem levar à mobilidade dental (dentes moles), mudança na posição dentária e até a perda dos dentes.

Como tratar?

•Elimine a placa bacteriana aderida aos dentes, fazendo uma boa higiene bucal, com o uso …

Com uma boa alimentação e atividade física em dia, é mais fácil correr da obesidade.

A obesidade é uma doença crônica que afeta grande parte da população, sendo considerada fator de risco para diversas doenças.

O obeso tem mais propensão ao desenvolvimento de hipertensão, doenças cardiovasculares, diabetes tipo 2, além de problemas físicos como artrose, pedra na vesícula, artrite, cansaço, refluxo esofágico, tumores de intestino e de vesícula.

Fatores psicológicos também podem ser afetados, acarretando diminuição da autoestima e até depressão.

A prática de atividades físicas e uma alimentação adequada são duas importantes formas de prevenção.


11 de outubro - Dia Nacional de Prevenção da Obesidade

Como funcionam os planos de saúde para quem é MEI (Micro Empreendedor Individual) ?

Para  contratar um plano de saúde empresarial é preciso ter um CNPJ ativo. Bastando apresentar na contratação: Comprovante de inscrição no CNPJ;Certificado do MEITer 2* ou mais pessoas para aderir ao planoAlguns planos de saúde permitem realizar a contratação a partir de 2 pessoas, já outros a partir de 3 pessoas.