Pular para o conteúdo principal

Sintomas de infecção intestinal


Os sintomas de uma infecção intestinal podem ir aparecendo aos poucos ou surgir de forma repentina. São eles:
  • Dor na região abdominal;
  • Diarreia;
  • Dor de cabeça;
  • Mal estar;
  • Desidratação;
  • Febre (pode não estar sempre presente).
A infecção intestinal é uma situação comum e, geralmente, não representa nenhum risco para a saúde. No entanto, ela pode ser mais perigosa nas grávidas, nos bebês e nos idosos, porque nessas fases da vida o risco de desidratação é maior.
Para evitar que o indivíduo com infecção intestinal fique desidratado é recomendada o uso de soluções de reidratação oral, que se compram na farmácia, ou de soro caseiro, que é muito simples de fazer.

Como fazer o soro caseiro

Para preparar o soro caseiro basta juntar:
  • 1 colher de sopa de açúcar;
  • 1 colher de café de sal;
  •  1 litro de água filtrada ou fervida.
Deixe em uma garrafa separada e mantenha na geladeira se estiver muito calor. O indivíduo deverá beber vários goles deste soro por dia, enquanto persistirem os sintomas.
É importante que ele beba a quantidade de soro equivalente à quantidade de água que se perde na diarreia.

O que comer na infecção intestinal

Durante o tratamento da infecção intestinal é importante que o paciente tenha uma alimentação rica em legumes cozidos, carnes grelhadas, verduras, frutas e beba bastante água.
Não é aconselhado comer alimentos que prendem o intestino, como banana, bolacha Maria ou mingau de farinha láctea, por exemplo.
Em caso de diarreias agudas é indispensável uma consulta com o médico, para que seja feito o acompanhamento e tratamentos ideais, evitando complicações.

O que tomar na infecção intestinal

Durante uma infecção intestinal, o melhor para se tomar é a água potável ou o soro caseiro, em caso de diarreias frequentes. Mas, tomar o suco de laranja natural é uma ótima opção para ajudar a fortalecer as defesas do organismo e evitar a desidratação, sendo este um excelente remédio caseiro.
Caso a infecção intestinal seja muito forte ou não se cure espontaneamente em 2 dias, recomenda-se uma consulta médica, pois pode ser necessário o uso de antibióticos.

Causas da infecção intestinal

A principal causa de infecção intestinal é o consumo de alimentos estragados ou contaminados com a Salmonella ou E. Coli.
Lavar as mãos, antes e depois de ir ao banheiro, e só beber água mineral, filtrada ou fervida devem ser seguidos por todos a fim de evitar a doença.

 (Nutricionista)


Ler mais: http://www.planodesaudepe.com/news/sintomas-de-infec%c3%a7%c3%a3o-intestinal/

Postagens mais visitadas deste blog

TRATAMENTO DA GENGIVA

As doenças periodontais são doenças inflamatórias crônicas, de origem infecciosa, que atacam a gengiva. As duas principais são a gengivite e a periodontite. A gengivite é caracterizada pelo sangramento da gengiva.

Já a periodontite é uma progressão da gengivite, na qual pode haver perdas óssea e do tecido que fica em torno do dente.

O que é gengivite?

Suas principais características são: gengiva com coloração avermelhada, inchada, sensível e presença de sangramento, decorrente da irritação causada pela placa bacteriana.

O que é periodontite?

É uma progressão da gengivite, podendo levar à perda das estruturas de sustentação do dente (gengiva, ligamento periodontal e osso), causada pelo tártaro (placa bacteriana calcificada). A progressão da doença periodontal e a falta de tratamento adequado podem levar à mobilidade dental (dentes moles), mudança na posição dentária e até a perda dos dentes.

Como tratar?

•Elimine a placa bacteriana aderida aos dentes, fazendo uma boa higiene bucal, com o uso …

Como funcionam os planos de saúde para quem é MEI (Micro Empreendedor Individual) ?

Para  contratar um plano de saúde empresarial é preciso ter um CNPJ ativo. Bastando apresentar na contratação: Comprovante de inscrição no CNPJ;Certificado do MEITer 2* ou mais pessoas para aderir ao planoAlguns planos de saúde permitem realizar a contratação a partir de 2 pessoas, já outros a partir de 3 pessoas.

Com uma boa alimentação e atividade física em dia, é mais fácil correr da obesidade.

A obesidade é uma doença crônica que afeta grande parte da população, sendo considerada fator de risco para diversas doenças.

O obeso tem mais propensão ao desenvolvimento de hipertensão, doenças cardiovasculares, diabetes tipo 2, além de problemas físicos como artrose, pedra na vesícula, artrite, cansaço, refluxo esofágico, tumores de intestino e de vesícula.

Fatores psicológicos também podem ser afetados, acarretando diminuição da autoestima e até depressão.

A prática de atividades físicas e uma alimentação adequada são duas importantes formas de prevenção.


11 de outubro - Dia Nacional de Prevenção da Obesidade