Pular para o conteúdo principal

Vacina brasileira contra dengue começa a ser testada no país em outubro

O Instituto Butantã, em parceria com a Universidade de São Paulo (USP), inicia em outubro os testes em seres humanos de uma vacina contra a dengue. A vacina está sendo desenvolvida para combater, em uma única dose, os quatro tipos da doença já identificados no mundo. Segundo Alexander Precioso, diretor de Ensaios Clínicos do Butantã, nenhum outro país tem uma vacina como essa.
Imunizante está sendo desenvolvido para combater, em uma única dose, os quatro tipos da doença. Foto: Marcelo Ferreira/CB/D.A PressA  vacina começou a ser desenvolvida em 2006, juntamente com os institutos nacionais de Saúde dos Estados Unidos. Os vírus foram identificados no país norte-americano e, posteriormente, transferidos para o Butantã, em 2010.
A técnica utiliza o chamado vírus atenuado. “Isso ignifica que o próprio vírus da dengue é modificado para que seja capaz de fazer com que as pessoas produzam anticorpos, mas sem desenvolver a doença”, explicou Precioso.
Os cientistas já testaram a vacina em mais de 600 norte-americanos. “Os estudos lá mostraram que é uma vacina segura e que foi capaz de fazer com que as pessoas produzissem anticorpos contras os quatro vírus”, disse ele. O pesquisador explicou ainda que, nesses voluntários, não foram observados efeitos colaterais importantes, apenas dor e vermelhidão no local da aplicação, sensação comum para vacinas.
Porém, como os Estados Unidos não são uma região endêmica para a dengue, nenhum voluntário que recebeu a imunização havia contraído a doença antes. No Brasil, os testes vão envolver também pessoas que já tiveram dengue.
O cientista disse que, com base em estudos publicados no Sudoeste Asiático e nos Estados Unidos, pacientes com histórico de dengue  poderão receber a imunização sem risco à saúde. “No início do desenvolvimento da vacina lá (nos Estados Unidos), algumas pessoas receberam vacina monovalente, só de um tipo, e depois outra dose de um vírus diferente, para ver se quem já tinha o passado de dengue correria risco”, explicou.
Em uma primeira etapa dos testes brasileiros, que começam nesta semana, serão recrutados 50 voluntários da capital paulista, todos adultos saudáveis e que nunca tiveram dengue, com idade entre 18 e 59 anos, de ambos os sexos. Eles vão ser imunizados em duas doses, com intervalo de seis meses entre elas.
A próxima etapa vai incluir pessoas com histórico de dengue e a vacina será aplicada em dose única. Serão 250 voluntários da capital paulista e da cidade de Ribeirão Preto, no interior do estado.

Postagens mais visitadas deste blog

Como funcionam os planos de saúde para quem é MEI (Micro Empreendedor Individual) ?

Para  contratar um plano de saúde empresarial é preciso ter um CNPJ ativo. Bastando apresentar na contratação: Comprovante de inscrição no CNPJ;Certificado do MEITer 2* ou mais pessoas para aderir ao planoAlguns planos de saúde permitem realizar a contratação a partir de 2 pessoas, já outros a partir de 3 pessoas.

PROGRAMA NASCER BEM da Hapvida

O Nascer Bem é um programa de assistência pré-natal da HapPrev (medicina preventiva do Hapvida) de Pernambuco e Fortaleza criado com todo o carinho para acolher melhor nossas mamães.  Nosso objetivo é melhorar a qualidade do atendimento as mulheres grávidas e seus futuros bebês,  proporcionando tranquilidade e confiança, durante toda a gestação. O programa foi criado para dar assistência as gestantes, que podem contar com equipes multiprofissionais e toda nossa estrutura de serviços de saúde Como faço para participar do programa nascer bem? Descobriu que está grávida? Entre em contato com a nossa Central de Atendimento às Gestantes, através do telefone 4020.1785, atualize seus dados cadastrais e verifique qual o melhor Núcleo Nascer Bem para agendar seu atendimento.
BENEFÍCIOS:  Acolhimento com enfermeiro obstetra e consultas com médicos;  Acompanhamento especial para gestantes de risco com visita domiciliar;  Central de gerenciamento de gestantes;  Seu bebê já vai para casa com consulta p…

Hapvida é o plano preferido dos pernambucanos.

Pela 4ª vez consecutiva, o Hapvida conquista o 1º lugar no Prêmio Recall de Marcas do SJCC, consolidando-se como o plano de saúde preferido do povo pernambucano.