Pular para o conteúdo principal

Como foi a consulta?

Alguns elementos nos ajudam a avaliar se o serviço oferecido está na qualidade desejável:     

  • Tempo: o médico precisa te ouvir tempo suficiente para você expor sua queixa. No entanto, isto não quer dizer que ele tem de ouvir você reclamar de sua sogra por três horas. Lembre-se, o médico é um instrumento para pesquisa de problemas e indicação de tratamentos e só, portanto, a queixa precisa ser medicamente relevante, e esse julgamento cabe a ele fazer, assim como o direito de conduzir a consulta do modo que achar mais adequado.
  • Coerência: certeza é um luxo raro em medicina, por isso, médicos trabalham com hipóteses e probabilidades, mas estas obrigatoriamente precisam fazer sentido. Então seja cético: se o médico falar algo que te soa absurdo ou então não conseguir explicar as razões de um diagnóstico ou conduta, isso não é um bom sinal. Igualmente, "não sei, vou procurar me informar" é uma resposta totalmente aceitável que costuma indicar integridade e honestidade.
  • Soberba: na medicina, nada é simples, frequentemente as coisas não são o que parecem e ninguém sabe tudo. Então, desconfie do médico que desdenha de seus colegas, não admite discussão de seu diagnóstico e conduta ou não permite que você busque outra opinião. No geral, você está melhor com um médico que coopera que com um que se afirma capaz de resolver qualquer situação sozinho.
  • Personalidade: o médico não precisa ser simpático, mas precisa respeitar sua pessoa e opiniões, mesmo que não concorde. Não se esqueça, ele está te prestando um serviço e não o contrário. Na contrapartida, não havendo risco iminente de morte, o médico não é obrigado a fazer algo com que não concorde. Se a discordância chegar a este ponto, é recomendável trocar de profissional.
       

Postagens mais visitadas deste blog

TRATAMENTO DA GENGIVA

As doenças periodontais são doenças inflamatórias crônicas, de origem infecciosa, que atacam a gengiva. As duas principais são a gengivite e a periodontite. A gengivite é caracterizada pelo sangramento da gengiva.

Já a periodontite é uma progressão da gengivite, na qual pode haver perdas óssea e do tecido que fica em torno do dente.

O que é gengivite?

Suas principais características são: gengiva com coloração avermelhada, inchada, sensível e presença de sangramento, decorrente da irritação causada pela placa bacteriana.

O que é periodontite?

É uma progressão da gengivite, podendo levar à perda das estruturas de sustentação do dente (gengiva, ligamento periodontal e osso), causada pelo tártaro (placa bacteriana calcificada). A progressão da doença periodontal e a falta de tratamento adequado podem levar à mobilidade dental (dentes moles), mudança na posição dentária e até a perda dos dentes.

Como tratar?

•Elimine a placa bacteriana aderida aos dentes, fazendo uma boa higiene bucal, com o uso …

Como funcionam os planos de saúde para quem é MEI (Micro Empreendedor Individual) ?

Para  contratar um plano de saúde empresarial é preciso ter um CNPJ ativo. Bastando apresentar na contratação: Comprovante de inscrição no CNPJ;Certificado do MEITer 2* ou mais pessoas para aderir ao planoAlguns planos de saúde permitem realizar a contratação a partir de 2 pessoas, já outros a partir de 3 pessoas.

Com uma boa alimentação e atividade física em dia, é mais fácil correr da obesidade.

A obesidade é uma doença crônica que afeta grande parte da população, sendo considerada fator de risco para diversas doenças.

O obeso tem mais propensão ao desenvolvimento de hipertensão, doenças cardiovasculares, diabetes tipo 2, além de problemas físicos como artrose, pedra na vesícula, artrite, cansaço, refluxo esofágico, tumores de intestino e de vesícula.

Fatores psicológicos também podem ser afetados, acarretando diminuição da autoestima e até depressão.

A prática de atividades físicas e uma alimentação adequada são duas importantes formas de prevenção.


11 de outubro - Dia Nacional de Prevenção da Obesidade