Pular para o conteúdo principal

Muitas das crendices populares sobre alimentação possuem evidências científicas que compravam sua veracidade.

Mas nem tudo aquilo que nossa avó dizia é mito. Muitas das crendices populares sobre alimentação possuem evidências científicas que compravam sua veracidade.
Uma delas é de que cenoura faz bem para visão.  Ela realmente é rica em vitamina A e E, essenciais para a saúde dos olhos. Mas é preciso ter em mente que existem outros alimentos que também são fontes dessas vitaminas, e de que apenas consumir cenouras não vai melhorar ou piorar a visão.
 "O importante é ter uma dieta equilibrada e rica em antioxidantes para garantir o bom funcionamento dos olhos", diz a oftalmologias Andréa Lima Barbosa, diretora-média da Clínica dos Olhos São Francisco de Assis (RJ).
Outra verdade é a de que comer depressa faz mal. "Comer apressadamente favorece a má digestão, o empachamento gástrico (barriga estufada) e, principalmente, aumenta o estresse do organismo - ou seja, é um tipo de agressão física e psicossocial ao organismo humano", afirma Durval Ribas Filho, médico nutrólogo e presidente da Abran (Associação Brasileira de Nutrologia).
E, por fim, que o prato deve ser colorido. Isso não é apenas um truque para as crianças comerem, mas sim uma maneira de garantir uma alimentação balanceada e rica em nutrientes. Quanto mais cores, maior a variedade de legumes, verduras e grãos ingeridos. E também cada grupo de cores possui nutrientes diferentes e necessários para o bom funcionamento do organismo.
Um pouco de tudo
O importante para uma alimentação saudável é buscar o equilíbrio. Em uma alimentação balanceada, quase todos os alimentos são permitidos.
Os alimentos cumprem uma série de funções para o ser humano, sendo que a nutrição é a mais importante, mas não é a única. Então, desde que dentro de uma alimentação equilibrada, é possível comer de tudo, respeitando-se a quantidade e a frequência desejadas.
Mais do que emagrecer, a escolha certa dos alimentos faz com que se tenha  qualidade de vida. Por isso, da próxima vez que riscar um alimento do cardápio, ou passar a consumi-lo mais frequentemente por causa de crenças ou modismo, pare, pense e prefira sempre a moderação e o bom senso.

Fonte: Unimed Recife 

Postagens mais visitadas deste blog

TRATAMENTO DA GENGIVA

As doenças periodontais são doenças inflamatórias crônicas, de origem infecciosa, que atacam a gengiva. As duas principais são a gengivite e a periodontite. A gengivite é caracterizada pelo sangramento da gengiva.

Já a periodontite é uma progressão da gengivite, na qual pode haver perdas óssea e do tecido que fica em torno do dente.

O que é gengivite?

Suas principais características são: gengiva com coloração avermelhada, inchada, sensível e presença de sangramento, decorrente da irritação causada pela placa bacteriana.

O que é periodontite?

É uma progressão da gengivite, podendo levar à perda das estruturas de sustentação do dente (gengiva, ligamento periodontal e osso), causada pelo tártaro (placa bacteriana calcificada). A progressão da doença periodontal e a falta de tratamento adequado podem levar à mobilidade dental (dentes moles), mudança na posição dentária e até a perda dos dentes.

Como tratar?

•Elimine a placa bacteriana aderida aos dentes, fazendo uma boa higiene bucal, com o uso …

Com uma boa alimentação e atividade física em dia, é mais fácil correr da obesidade.

A obesidade é uma doença crônica que afeta grande parte da população, sendo considerada fator de risco para diversas doenças.

O obeso tem mais propensão ao desenvolvimento de hipertensão, doenças cardiovasculares, diabetes tipo 2, além de problemas físicos como artrose, pedra na vesícula, artrite, cansaço, refluxo esofágico, tumores de intestino e de vesícula.

Fatores psicológicos também podem ser afetados, acarretando diminuição da autoestima e até depressão.

A prática de atividades físicas e uma alimentação adequada são duas importantes formas de prevenção.


11 de outubro - Dia Nacional de Prevenção da Obesidade

Como funcionam os planos de saúde para quem é MEI (Micro Empreendedor Individual) ?

Para  contratar um plano de saúde empresarial é preciso ter um CNPJ ativo. Bastando apresentar na contratação: Comprovante de inscrição no CNPJ;Certificado do MEITer 2* ou mais pessoas para aderir ao planoAlguns planos de saúde permitem realizar a contratação a partir de 2 pessoas, já outros a partir de 3 pessoas.